Enem – Portal NE10

publicidade
27/nov
exame_do_enem_2015

Candidatos aos cursos de Medicina, Direito e Odonto, na UPE, terão 10% de bônus na nota do Enem

Publicado por Tatiana Notaro em ENEM às 10:14

Estudantes que tenham cursado todo o Ensino Médio em escola de Pernambuco, pública ou privada, e que morem na mesma região (Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste ou Sertão), poderão se candidatar a um bônus de 10% na nota do Enem para concorrer aos cursos de medicina, odontologia e direito na Universidade de Pernambuco (UPE).

Segundo a UPE, os três cursos são os que têm maior procura por candidatos que não residem em Pernambuco. A concessão foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da UPE, na última quinta-feira.

A universidade explicou ainda que no campus Garanhuns, o bônus para os candidatos a Medicina será dado a quem estudou e reside no Agreste; da mesma forma, no campus Serra Talhada (Medicina) e no campus Arcoverde (Odontologia e Direito), o benefício será exclusivo para quem fez o ensino médio e reside no Sertão.

A medida vale também para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu, que ainda não tem data de inscrições definida), uma das formas oficiais de ingresso na UPE, que oferece 1.730 vagas neste sistema. Outras 1.730 vagas são destinadas ao Sistema Seriado de Avaliação (SSA). Ao todo, a UPE dispõe de 3.460 vagas para 54 cursos distribuídos em 11 campi espalhados pelo estado.

Bônus optativo

Para alunos egressos de escola pública, o direito ao bônus será optativo, uma vez que eles podem concorrer pelo sistema de cotas, que representa 20% das vagas da instituição. “Se preferir o bônus, este candidato vai disputar pela ampla concorrência”, alerta o pró-reitor de graduação e presidente da comissão do vestibular, Ernani Martins. Os bônus não são acumulativos.

Datas

As provas da edição 2020 do exame estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa); e 31 de janeiro de 7 de fevereiro de 2021 (versão digital, em aplicação-piloto). Em 2020, houve aumento na quantidade de escritos: foram 5,1 milhões em 2019 e 5,7 milhões este ano.