Enem – Portal NE10

publicidade
22/fev
Odontologia Unit PE foto Luisi Marques

Com teoria e prática afiadas, Odontologia e Fisioterapia oferecem caminhos múltiplos

Publicado por Tatiana Notaro em PARTICULARES às 9:00

Quem ingressa em um curso de nível superior, mais do que um diploma, almeja uma vaga no mercado de trabalho. Quais são as profissões mais demandadas? Onde e com que eu vou trabalhar? Quanto vou ganhar? São muitas as perguntas, são muitos os desafios, e a escolha da instituição de ensino é fundamental para um caminho assertivo.

Bons exemplos são os cursos de Fisioterapia e de Odontologia. Ambas da área de Saúde, essas graduações exigem preparo teórico consistente ao mesmo tempo em que demandam que a prática esteja aliada ao aprendizado – ou os futuros profissionais serão meros reprodutores de técnicas. Quando essas duas peças se encaixam, o caminho para a formação de um profissional completo está aberto: dali para frente, ele tem um mundo a conquistar.

“Assim que termina a graduação, o estudante faz escolhas. Pode optar pela atuação clínica em cidades menores, sendo um generalista, e trabalhar de forma bem sucedida. Da mesma forma, aqui na Região Metropolitana do Recife, ele tenderá a se ‘verticalizar’, buscar especializações, mestrado, doutorado. Temos vários alunos que seguiram esse caminho”, explica o coordenador do curso de Odontologia do Centro Universitário Tiradentes (Unit Pernambuco), Adelmo Aragão.

Aliás, na Unit-PE, todas as possibilidades de uma atuação profissional são exploradas. Como enfatiza a coordenadora do curso de Fisioterapia da instituição, Ivanacha Carneiro, além das disciplinas técnicas e das atividades práticas, a Unit estimula o interesse em pesquisas, o ingresso na iniciação científica e a construção de conhecimento. “Assim, o profissional vai estudando a cada dia para atender a sociedade cada vez melhor”, diz Ivanacha.

00

Teoria e prática, muitas direções

O campo de atuação da Fisioterapia é vasto e a pandemia ampliou essa demanda. Segundo Ivanacha Carneiro, neste período, houve uma grande ascensão de vagas, com os fisioterapeutas sendo necessários na recuperação motora e respiratória de pacientes internados ou após a alta hospitalar. “Além disso, temos as áreas clínica, em ergonomia, em empresas, em estética. É um campo bem amplo”, avalia.

Ao longo dos 10 períodos, a graduação em Fisioterapia tem ensino teórico e extensão, vivenciando as práticas, “onde os alunos aprendem fazendo”, como reforça Ivanacha. “A clínica recebe pacientes externos. Nela, temos equipamentos, estrutura e tecnologia que mostram aos alunos o que eles encontrarão no mercado de trabalho”, diz a coordenadora. Toda a grade curricular passa por atualizações periódicas que deixam o aprendizado alinhado ao que o mercado de trabalho precisa.

Da mesma forma, o curso de Odontologia percorre 10 períodos e é voltado ao atendimento clínico de pacientes. Na Unit-PE, o graduando conta com uma equipe de professores que são profissionais atuantes, que aliam a docência à prática clínica. “Isso contribui para sermos um curso que prepara o aluno para se tornar um profissional competitivo, mantendo padrão ético de atendimento”, destaca o coordenador Adelmo Aragão.

Na Unit-PE, os futuros odontólogos começam a atuação prática na clínica-escola mantida pela instituição, ainda no 5° período. Atendem pacientes reais, com supervisão dos professores, se deparando e aprendendo com casos concretos.

A autonomia que essa prática precoce oferece é estratégica para a área de Odontologia. Segundo Aragão, esta é uma das profissões cuja atuação autônoma é forte, em consultório. Há ainda campos no serviço público e hospitalar, além do desenvolvimento de pesquisas e a área acadêmica, também incentivada pela Unit.