Enem – Portal NE10

publicidade
26/set
Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Candidatos isentos em 2020 têm até hoje para fazer inscrição do Enem 2021

Publicado por Tatiana Notaro em ENEM às 6:00

Termina hoje (26) o novo prazo concedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para inscrições de candidatos  isentos da taxa no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. O prazo termina às 23h59 e as inscrições podem ser feitas pela Página do Participante.

O novo prazo é exclusivo para candidatos isentos de taxa na edição 2020 do exame que faltaram ao dia da prova. Para estes estudantes, a isenção da taxa de inscrição do Enem 2021 também será assegurada.

As provas destes candidatos serão aplicados nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022, mesmo dia marcado para o exame para adultos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade.

Leia também:

> Pesquisadoras ocupam 2% de cargos de liderança em ciência e tecnologia
> Pernambuco contará com 22 novos Centros de Inovação até o fim de 2021

Edital

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) formalizou o novo prazo de inscrição e os critérios por meio de edital complementar do Enem 2021 impresso, publicado na última terça-feira (14), no Diário Oficial da União (DOU). A decisão de reabertura das inscrições foi do Supremo Tribunal Federal (STF).

O anúncio da medida ocorreu na segunda-feira (13), em comunicado divulgado no portal oficial do Instituto. Vale ressaltar que o Inep aplicará as provas do Enem 2021 normalmente, nos dias 21 e 28 de novembro, para todos os participantes que tiveram a inscrição confirmada no prazo previsto, conforme os editais do exame.

O cronograma de aplicação do Enem 2021 para os isentos que não compareceram à edição 2020 foi planejado com o objetivo de garantir o direito de os participantes utilizarem o resultado do exame para acessar a educação superior, por meio de programas do Ministério da Educação (MEC), como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).